Pegada por Trás

Generalidades – Este é um domínio que possibilita várias finalizações. Mas Tori deve manter-se alerta, pois uma francesinha pode transformá-la numa faca de dois gumes.

Descrição – Por trás de Uke, no chão, Tori o agarra com os braços, usualmente no pescoço, enquanto o enlaça com as pernas, encaixando os calcanhares nas suas virilhas (os chamados “ganchos” ).

Encadeamentos – Não é difícil para Tori encadear um okuri-eri-jime, um paulo-juji-jime ou um juji-gatame, bastando, para este último, enfiar o braço direito por baixo do braço direito de Uke e colocar a palma da mão na nuca dele. Passando o braço esquerdo por trás da cabeça de Uke, Tori agarra também o braço direito dele, já meio dominado. Inclinando-se para a direita, Tori passa a perna esquerda sobre a cabeça dele e completa o juji-gatame. Caso Uke consiga virar meio de lado, Tori aplica uma chave-jibóia e ataca o pescoço.

APRENDA: Pegada por Trás

Advertência:

A sessão aprenda é aqui apresentada apenas como um meio de facilitar a memorização e o aprendizado do Jiu-jitsu. As técnicas e procedimentos nela contida e descrita são essencialmente letais. O leitor, seu companheiro ou adversário podem ferir-se de modo sério ou fatal se utilizarem qualquer uma delas em treinamento sem acompanhamento de um mestre, professor ou instrutor capacitado. Nesse caso, a Equipe da Academia Arataba de Jiu-Jitsu não se responsabiliza por qualquer evento daí decorrente.

O uso de uma ou mais técnicas contidas nesta sessão é considerado ilegal por leis municipais, estaduais ou federais de diversos países. A Equipe da Academia Arataba de Jiu-Jitsu não faz representação alguma para justificar o uso de qualquer técnica contida nesta sessão ou de sua eficácia em quaisquer circunstâncias.

2017-02-05T10:38:15+00:00

Leave A Comment