Manual Fundamental Arataba de Jiu-Jitsu

A Arataba de Jiu-Jitsu, no interesse de auxiliar e congregar a modalidade, confeccionou o Manual Fundamental Arataba de Jiu-Jitsu, este manual, com a intenção de oferecer, aos iniciantes, suporte na prática e memorização das técnicas de fundamento. Nele são apresentadas 32 técnicas que permitem o desenvolvimento de todo um combate, desde a projeção à finalização de um adversário. As técnicas constantes deste trabalho foram extraídas do Tratado de Jiu-Jitsu de Paulo Pirondi.

Neste manual são utilizadas as denominações Tori e Uke, que são as personagens que, respectivamente, aplicam e sofrem a ação dos golpes. Utilizamos, conforme é costume tradicional na Arataba, a nomenclatura original japonesa de cada golpe, grafada em português. Outra característica é a numeração utilizada no índice. O primeiro número é apenas referente â ordem dos golpes aqui apresentados; o número a seguir é o ordinal constante do nosso Tratado de Jiu-Jitsu.

Dedicatória

Este manual é dedicado ao nosso mestre Paulo Pirondi, por seu empenho em resgatar, preservar e ensinar as técnicas do Jiu-jitsu. E por nos transmitir, acima de tudo, uma filosofia de vida.

BAIXAR PDF: MANUAL FUNDAMENTAL ARATABA DE JIU-JITSU

Advertência:

Este manual é apresentado apenas como um meio de facilitar a memorização e o aprendizado do Jiu-jitsu. As técnicas e procedimentos nele contidos e descritos são essencialmente letais. O leitor, seu companheiro ou adversário podem ferir-se de modo sério ou fatal se utilizarem qualquer uma delas em treinamento sem acompanhamento de um mestre, professor ou instrutor capacitado. Nesse caso, a Equipe da Academia Arataba de Jiu-Jitsu não se responsabiliza por qualquer evento daí decorrente.

O uso de uma ou mais técnicas contidas neste manual é considerado ilegal por leis municipais, estaduais ou federais de diversos países. A Arataba de Jiu-Jitsu não faz representação alguma para justificar o uso de qualquer técnica contida neste manual ou de sua eficácia em quaisquer circunstâncias.

2017-02-17T10:12:14+00:00

One Comment

  1. Adriano quarta-feira, 4 de outubro de 2017 at 21:21 - Reply

    Obrigado, quem faz mal recebe mal, quem faz bem recebe bem!

Leave A Comment