A Arataba

O nome ARATABA, ao contrário do que se pode pensar, não é japonês, embora pareça. Extremamente brasileiro, este nome vem do TUPI, língua autóctone dos nossos índios, e significa ALDEIA DE AMIGOS, de ara = amigo e taba = aldeia. Nosso logotipo procura demonstrar isso, com a representação de um índio brasileiro lutando, às vezes ‘nu’, às vezes de quimono.

Na Arataba preza-se pelo conhecimento. Mestre Paulo desde o começo pretendeu resgatar todo o Jiu-jitsu que ficara no Japão e também desenvolver e congregar a maior quantidade possível de técnicas, dando origem ao sistema didático básico Arataba de Jiu-Jistu, o Gokyo Arataba de Jiu-jitsu.

Os alunos Arataba são orientados a sempre agir de forma ética e moral dentro e fora do tatame. Têm ou adquirem todos uma mesma formação, sem rixas e sem rivalidades. A Arataba não é apenas uma academia onde se treina Jiu-jitsu, na Arataba se desenvolve amizade, disciplina, respeito, companheirismo e admiração um pelo outro.

Tradicional equipe paulistana, a Arataba Jiu-Jitsu, foi fundada na região do Butantã em 1990, pelo Mestre Paulo Roberto Pirondi, hoje faixa Coral 8º grau. Atualmente liderada pelo professor Jefferson Luís Moreira, faixa Preta 4º grau, procura acompanhar e contribuir com o desenvolvimento da modalidade, sem deixar de preservar as tradições, filosofias e valores do Jiu-Jitsu e da Arte Marcial.

2016-10-16T20:12:09+00:00

Leave A Comment